Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

PRÊMIO ORIRERÊ

Vencedores do prêmio Orirerê na Assembleia Legislativa do Paraná
Os 13 projetos vencedores da terceira edição do Orirerê – Cabeças Iluminadas foram premiados no dia 20 de novembro, em sessão da Assembleia Legislativa do Paraná. Os projetos foram avaliados pela Secretaria de Estado da Educação, Secretaria Municipal de Educação de Curitiba, Fórum Permanente de Educação para as Relações Étnico-raciais, Conselho Municipal e Estadual de Educação.
A premiada Silvana Maria de Lara recebe os cumprimentos.
Foto / Katia Velo


O prêmio Orirerê busca promover conhecimentos e promoção da reflexão para efetiva inserção dos conteúdos indígenas, africanos e afro-brasileiros no cotidiano escolar, portanto não tem caráter competitivo.
Através das equipes multidisciplinares das escolas, vários projetos estão sendo implantado de forma efetiva no currículo das aulas. As equipes é uma ação da Secretaria da Educação para implementar a Lei 10639/03, que trata da obrigatoriedade do ensino da história e cultura africana e afrodescente. “A importância é proporcionar a visibilidade dessa lei, no qual são obrigatórios os alunos da rede de ensino, aprenderem sobre a cultura afro-brasileira, africana e indígena na educação”, destacou Tânia Aparecida Lopes, coordenadora da Educação das Relações das Diversidades Etnicorracial.
Os projetos premiados na categoria individual foram:
Marlene Oliveira de Brito, em Bauru, SP – “O corpo todo conta um conto”
Silvana Maria de Lara (foto), em São José dos Pinhais – “Conexão Brasil-África – a arte e o sagrado em sintonia”
Edina Brito Jensen, em Carambeí – “Indígenas em destaque”
Rubivan Rodrigues da Silveira, em Campo Largo – “Passaporte para a África – Berço da Civilização e do Conhecimento”
Nilo Silva Pereira Netto, em Curitiba – “A capoeira como conteúdo da Educação Física escolar”
Nelson Sebastião, em Curitiba – “Tamborerê”
Rosângela Accioly Lins Correia, em Lauro de Freitas, BA – “Akpalô – Nossa História”
Miria Colis, em Campina Grande do Sul – “A África em mim”
Já na categoria projetos em equipe, os premiados foram:
CMEI Dedo Mágico, em Pinhais – “Projeto Étnico-racial”
CMEI Jardim Paraná, em Curitiba – “É tão bonito”
E. E. Alcides Munhoz, em Imbituva – “África”
E. E. Quilombola Diogo Ramos, em Adrianópolis – “Calendário 2012″
C. E. Quilombola Diogo Ramos, em Adrianópolis – “Livro Identidade Quilombola”

Fonte: Secretaria Estadual da Educação

Link http://www.educacao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=4008&tit=Vencedores-do-premio-Orirere-na-Assembleia-Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário