Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Participação de Educadores em Formação Continuada do Projeto “A Cor da Cultura” - Belém



Com grande satisfação parabenizamos todos os educadores da Rede Estadual e Municipal de Ensino, bem como, os Educadores Sociais que concluíram a 1º Etapa de Formação Presencial do Projeto “A Cor da Cultura” em Belém, realizadas no período de 26 a 30 de agosto de 2013 a 1ª turma e no período 17 a 19 de setembro de 2013 a 2ª turma.
A partir de agora todos os educadores deverão acessar o ambiente de gestão através do site oficial do Projeto A Cor da Cultura: www.acordacultura.org.br para prosseguimento das atividades à distância, uma vez que, a certificação só será emitida após a finalização dos momentos à distância.

Atenção para as datas abaixo para o acompanhamento das ações do projeto à distância:
- Até 30 de setembro de 2013 – postagem da primeira atividade a distância
- Até 15 de outubro de 2013 – postagem da segunda atividade a distância
- Até 15 de novembro de 2013 – postagem da terceira atividade a distância

Os educadores que por algum motivo não estejam cadastrados no sistema deverão entrar em contato através do endereço: acordacultura@futura.org.br ou no 0800-9411004.
Na oportunidade, gostaríamos de contar com a colaboração e sensibilização de todos Diretores das Escolas Estaduais participantes, no sentido de, implantar o Projeto e implementar a aplicação da Lei 10,639/03 nos respectivos estabelecimentos de ensino.


Para auxiliar os educadores no acesso ao ambiente de gestão apresentamos as orientações abaixo:



 

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Museu da UFPA vai abrigar Primavera dos Museus


O Museu da Universidade Federal do Pará (UFPA) vai sediar a “7ª Primavera dos Museus”, que ocorre, simultaneamente, em todo o Brasil, no período de 23 a 29 de setembro de 2013. O tema deste ano é “Museus, Memória e Cultura Afro-Brasileira”, que propõe aos museus mostrar as contribuições da África para a sociedade brasileira e disseminar conhecimento e reflexão crítica sobre a realidade afrodescendente no País.
Nesta edição, o evento vai mobilizar um número recorde de instituições. Um total de 884 museus e centros culturais de todas as unidades da Federação confirmaram participação. Serão mais de 2,6 mil eventos em torno da temática de 2013.
A Primavera dos Museus é realizada desde 2007, fruto de uma ação conjunta entre o Instituto Brasileiro de Museus e instituições museológicas de todo o Brasil. A programação do Museu da UFPA terá oficinas, palestras e apresentação de dança e música.
Programação- Entre as oficinas ofertadas durante o evento, estão temas como: “Fotografia: Olhares Circulares”, “Encadernação e reparos de livros” e “Etnomoda: a afrobrasilidade como fonte de pesquisa e criação de moda”. Já a programação cultural conta com apresentações de rodas de capoeira e do grupo Afoxé Araxé, que estará sob o comando de Nego Banjo e Dona do Samba, do Instituto Nangetu. Haverá, também, uma performance de “Experimentação Sonora”, com Duda Souza. Além disso, uma roda de conversa discutirá sobre “A experiência de artistas de terreiros”. Confira aqui a programação completa.
Serviço:
7ª Primavera dos Museus
Tema: “Museus, Memória e Cultura Afro- Brasileira”
Data: 23 a 29 de setembro de 2013
Hora: 9h às 17h
Local: Museu da UFPA
Mais informações pelo endereço: museu-ufpa@ufpa.br ou acesse o site do MUFPA.
Texto: Beatriz Santos- Assessoria de Comunicação da UFPA
Arte: Divulgação

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

2ª Turma do Projeto "a cor da cultura" em Belém.



Na manhã do dia 17 de Setembro de 2013 no Auditório da Faculdade Ipiranga – Campus Chaco, em Belém, a Coordenadoria de Educação para a Promoção da Igualdade Racial – COPIR, em parceria com o Canal Futura – FRM deram início ao 1º Momento da 2ª turma de Formação Presencial do Projeto “A cor da Cultura” que continuará até o dia 19 de setembro de 2013.

Na abertura, representando o Canal Futura Kelem Cabral apresentou aos educadores presentes um histórico do Projeto desde sua 1ª versão de aplicação em 2004 até os objetivos, metas e desenvolvimento da 3ª versão, a qual está vivenciando neste momento o Estado do Pará. Em seguida, a representante da Ação Educativa, Assessoria, Pesquisa e Informação falou em linhas gerais sobre a atuação da organização no campo educacional e as atividades que esta executando em parceria com o MEC. O Prof. Raimundo Jorge do Nascimento de Jesus, representante do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UFPa palestrou em linhas gerais sobre a história do negro no Brasil, preconceito e discriminação racial, extermínio da juventude negra, avanços e retrocessos na Educação das Relações Étnico-Racia, entre outros assuntos.

Encerrando a abertura, o Prof. Amilton Gonçalves Sá Barretto, Coordenador da COPIR, em nome da Secretaria de Estado de Educação explicou sobre a atuação da Coordenadoria na Educação do Estado do Pará, suas limitações e progressos através de suas ações desde sua fundação. Parabenizou aos educadores presentes que demonstram interesse na implementação da Lei 10.639/03 incentivando e desejando uma excelente jornada de 03 dias intensos de formação e que esta venha contribuir no cotidiano de cada educador.


TURMA EM TUCURUI

A Formação do Pólo de Tucuruí, prevista para o período de 17 a 20 de Setembro não foi realizada por conta da baixa procura dos educadores, então, se você mora em Tucuruí ou nos Municípios próximos ao Pólo, não perca essa oportunidade, corra e se inscreva no site do Projeto “A cor da Cultura”. No link abaixo: 


Após inscrição, procure a Profa. Tereza Nogueira da 16ª URE, sito à Rua Argentina, nº 66, telefone: (94) 3787-2234 para confirmar sua inscrição. Ou nos envie e-mail para copirseduc@gmail.com ou contato telefônico no 3201-5157. Sem confirmação de inscrição não temos como fechar a turma e programar a formação com data e local.









I ENCONTRO TERRITORIAL DAS JUVENTUDES DO CAMPO, DAS ÁGUAS E DAS FLORESTAS



segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Chamada de inscritos na 2ª turma do Projeto “ A Cor da Cultura” em Belém


Convocamos os educadores inscritos na 2ª turma do Projeto “A Cor da Cultura” a ser realizada em Belém, no período de 17 a 19 de setembro de 2013 a participarem da abertura do evento que ocorrerá às 8h do dia 17 de setembro de 2013.
A programação de abertura marcará o início da formação que em seguida prosseguirá com as atividades até as 17h com intervalo para o almoço.

Evento de abertura
Dia: 17 de Setembro de 2013
Horário: 8 horas
Local: Faculdade Ipiranga – Campus Chaco
Travessa Chaco, nº 1909 – Auditório

Horário da Formação:
Horário: 8 as 17 horas
Local: Faculdade Ipiranga – Campus Chaco
Travessa Chaco, nº 1909 – 3º andar

Acesse abaixo a lista de inscritos em Belém:


Saiba mais sobre o Projeto:

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

V SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO TOCANTINS - II SEMINÁRIO DE HISTÓRIA E EDUCAÇÃO AFRO BRASILEIRO E INDÍGENA


INFORMAÇÕES:
Blog: www.historiaemcampo.blogspot.com 
Facebook: consciencianegra.ufpa@gmail.com

Faculdade de História do Campus Universitário do Tocantins/UFPA-Cametá 
Tel. (91) 3781-1182/81031062 
E-mail: consciencianegra.cameta@gmail.com; 

Mãe Stella assume cadeira que foi de Castro Alves na Bahia.

'Sabedoria não tem cor e não pertence a nenhuma raça específica', disse.  

Aos 88 anos, Mãe Stella é enfermeira formada na UFBA e publicou 6 livros.

Mãe Stella (Foto: Egi Santana/G1)
Mãe Stella foi escolhida para cadeira na ABL em votação no dia 25 de abril deste ano (Foto: Egi Santana/G1)
Mãe Stella de Oxóssi recebeu o título de "imortal" pela Academia de Letras da Bahia (ALB) na noite desta quinta-feira (12), em Salvador. Stella de Azevedo dos Santos é a primeira mulher negra e mãe-de-santo a assumir o posto no Brasil. Enfermeira de formação, ela assume a cadeira 33, que tem como patrono o poeta, escritor e abolicionista Castro Alves.
Durante seu longo discurso, lido pelo acadêmico Carlos Capinam, em decorrência dos 88 anos da iaolorixá, Mãe Stella fez uma passagem por livros, poesias e frases famosas de seus antecessores na cadeira, como Castro Alves.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Novas Turmas do Projeto “A cor da Cultura” nos pólos de Castanhal, Parauapebas, Tucuruí e Belém


 
Abertura do Projeto "A Cor da Cultura" no Hangar - Centro de Convenções
A Coordenadoria de Educação para a Promoção da Igualdade Racial – COPIR, que integra a Diretoria de Diversidade, Inclusão e Cidadania – DEDIC, da Secretaria Adjunta de Ensino – SAEN, em parceria com o Canal Futura - FRM realizou em Belém, no período de 26 a 30 de agosto de 2013 o 1º Momento de Formação Presencial do Projeto “A cor da Cultura”.

Na oportunidade, gostaríamos de parabenizar todos os educadores que resistiram a semana intensa de formação e que se dedicaram e participaram das discussões e atividades trabalhadas.

As Escolas Estaduais que estiveram representadas neste 1ª Momento em Belém, por meio de seus educadores, inscritos no perfil de multiplicadores terão que preparar um Plano de Repasse da Capacitação (atividade do 2ª momento com acompanhamento à distância), para multiplicar os conhecimentos apreendidos na Formação, em sua Unidade Escolar, a fim de construir esboço de como os educadores e toda a Comunidade Escolar pretendem implementar a Lei 10.639/2003, bem como, quais são suas demandas, facilidades e dificuldades em relação ao trabalho a ser desenvolvido. Sendo que, esse esboço construído coletivamente será parte avaliativa do 3ª momento do projeto com acompanhamento à distância.

Para tanto, cada Escola Estadual representada recebeu um kit pedagógico com materiais didáticos desenvolvido para apoio às atividades em sala de aula que orientam como trabalhar a educação das relações étnico-raciais na Escola.

O 4º momento, com acompanhamento presencial está previsto para o início do mês de dezembro, quando os educadores deverão apresentar uma produção decorrente do trabalho desenvolvido em sua Unidade Escolar. A produção pode ser: um ensaio, um relato de experiência, produção de um jogo, uma atividade docente etc. Será um momento de partilha de ações, dúvidas, questionamentos, dificuldades.

Alertamos as Escolas Estaduais que participam do Projeto que nos intervalos dos momentos haverá acompanhamento presencial através desta COPIR.


ATENÇÃO PARA AS PRÓXIMAS TURMAS


Os educadores das Escolas estaduais que residem em Belém e região metropolitana (Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Barbará) que já se inscreveram no site do Projeto "A cor da Cultura" e não foram selecionados na 1ª turma e possuem interesse de participar da 2ª turma, devem urgentemente confirmar sua inscrição via e-mail: copirseduc@gmail.com ou no telefone da COPIR nº 3201-5157. A formação está prevista para o período de 17 a 20 de Setembro de 2013. 

As formações dos pólos em Castanhal e Parauapebas já estão programadas e definidas:

- Pólo de Castanhal - nos dias 10, 11 e 12/09 nos endereços:

Abertura: Dia 10/09 - FUNCAST (Senador Lemos, 749. Centro/Castanhal)

Formação: CETAM (R. Cel. Leal, 1005, esquina com a Cônego Leitão. Centro/Castanhal) de 8h às 17h.

Confirmação de Inscrição: com Élida Neves na NERED/8ª URE-Castanhal, sito TV. Raimundo Nonato Vasconcelos, s/n, nos telefones: (91) 3712-0237 / (91) 3712-1689.

- Pólo de Parauapebas - nos dias 11, 12 e 13 de setembro no endereço:

Centro Universitário de Parauapebas – CEUP

Prefeitura de Parauapebas, Rua A, Qd/Lt Especial S/N Cidade Nova - Parauapebas-PA de 8h às 17h.



Confirmação de Inscrição: com Robenilde Lima, Téc. Setor Pedagógico na 4ª URE/Marabá, sito R FREI R LAMBEZART, 2178,. Contato telefônico: (94) 3324-1397 / (94) 3324-3777.



A turma do Pólo de Tucuruí, prevista para o período de 17 a 20 de Setembro ainda não está fechada, então, se você mora em Tucuruí ou nos Municípios próximos ao Pólo, não perca essa oportunidade, corra e se inscreva no site do Projeto “A cor da Cultura”. Após inscrição, procure a  Profa. Tereza Nogueira da 16ª URE, sito à Rua Argentina, nº 66, telefone: (94) 3787-2234 para confirmar sua inscrição. Sem confirmação de inscrição não temos como fechar a turma e programar a formação.

Acompanhe alguns registros da da Abertura do Evento e 1º momento de Formação em Belém.

Exposição Fotográfica de Walter Firmo
Ilma Fátima de Jesus Coordenadora Geral de Educação para as Relações étnico-raciais do MEC




Coordenador e Técnicas da COPIR
Técnicas da COPIR e Professores Vinicius Darlan e Ilka Oliveira


SEMINÁRIO ÀDÁNIDÁ - AMBIENTE - ORISÁ - HOMEM, EM BELÉM

 
APRESENTAÇÃO

"Kò sí ewé Kó si òrisá..."
"Sem folha não tem orixá..."

Quem adentra uma comunidade tradicional de terreiro está familiarizado com esta expressão, contudo, cada vez mais essa relação Homem-Natureza tem sido agredida e colocada em segundo plano levando a uma reflexão sobre o discurso de preservação e sustentabilidade do espaço sagrado.
O SEMINÁRIO ÀDÁNIDÁ - AMBIENTE - ORISÁ - HOMEM - é uma proposta de diálogo entre a percepção sobre a natureza, meio ambiente e preservação dos povos das comunidades tradicionais de matriz africana e os olhares da ecologia básica para então, despertar a necessidade de comprometimento das pessoas com a preservação do meio ambiente e o uso destes espaços para a prática religiosa.

Acesse  http://seminariorodadeaxe2013.blogspot.com.br/

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Pajelança Quilombólica Digital


CARTA CONVITE
 
Basead@s no pensamento de Zumbi: “Vamos Fazer o mundo mais do nosso jeito”, o Coletivo Casa Preta pertence a Rede Mocambos, e desenvolve um processo de luta, de empoderamento, de pertencimento dessa territorialidade, e o fortalecimento das comunidades quilombolas, através da ancestralidade e tecnologia em software livre.

A Rede Mocambos e o Coletivo Casa Preta na perspectiva de garantir para essas comunidades a sua cultura, os seus costumes, a resignificação e o protagonismo da própria história, convida amigas e amigos para participar da “Pajelança Quilombólica Digital”, que objetiva fortalecer o conhecimento e empoderamento do saber livre a partir da visão africana.

Ao longo da semana, serão realizadas rodas de conversa, oficinas de vídeo, apropriação tecnológica, tambores, herbário e um dia dedicado ao debate sobre ser “Mulher preta na ativa” com a juventude feminina da Casa Preta convidando as mulheres pretas que inspiram suas lutas.

A Pajelança Quilombólica Digital será realizada no período de 1 a 7 de setembro na sede do Coletivo Casa Preta que fica na rua Roso Danin, 780, entre 2ª de Queluz e Juvenal Cordeiro, no bairro Canudos-Terra Firme, em Belém.

Mais Informações: