Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

terça-feira, 5 de março de 2013

Exposição de máscaras apresenta trabalho de alunos de Cenografia da UFPA

Serviço:
Exposição Máscaras Cênicas
Data: de 5 a 8 de março, das 17h às 19h.
Local: Sindifisco (Boulevard Castilho França 730 - Praça dos Estivadores - Belém/PA)

As máscaras africanas serviram de inspiração para o primeiro trabalho desenvolvido pelos alunos da turma de 2012 do curso de Cenografia da Escola de Teatro e Dança da UFPA (ETDUFPA). Por meio delas, os futuros profissionais ingressaram no universo mítico, teatral e transformador que as máscaras permitem. O resultado pode ser conferido na exposição, que ocorre a partir desta terça-feira, 5, até sexta-feira, 8, das 17h às 19h, no Sindifisco, localizado no Boulevard Castilho França, 730, na Praça dos Estivadores, em Belém.
Ainda no inicio do curso, o professor e cenógrafo Bruce Macêdo proporcionou uma experiência enriquecedora para os alunos. Embora o referencial do trabalho seja a cultura africana, o olhar amazônico está presente na liberdade artística e na valorização do material e do domínio da técnica, que permite aos futuros profissionais criarem qualquer objeto a partir dela.

Construção cênica - Divididos em grupos, eles tiveram o primeiro contato com a construção cênica, por meio da pesquisa e da criatividade. “Trabalhei a técnica mista e matérias abundantes na região, como papelão, sisal e principalmente o miriti, que é funcional, de baixo custo, leve, resistente e permite mobilidade”, explica Macêdo, que trabalha e ressalta a importância do miriti há, aproximadamente, 15 anos. “Quando comecei a trabalhar com cenografia, pesquisei um material que valorizasse os trabalhos regionais e fosse um referencial identitário da nossa cenografia.”
A artista Márcia Almeida, aluna de Cenografia, surpreendeu-se com o resultado. “Passei a ter outro olhar sobre o poder transformador dos materiais e o valor inestimável do miriti para o artista local. Aprender essa técnica no inicio do curso com a metodologia e a experiência do professor ampliou minhas possibilidades artísticas”, admira-se.
Embora as máscaras façam parte da decoração da ETDUPA e tivessem sido expostas junto a outros trabalhos na Mostra “Cena Aberta”, no ano passado, esta é a primeira vez que elas saem daquele espaço e ganham uma exposição individual, que se encerra com diversas apresentações artísticas e o show “Para Elas”, do Grupo Parauá, que presta uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no próximo dia 8 de março.

Nenhum comentário:

Postar um comentário