Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Confraternização da COPIR na Ilha da Caratateua-Outeiro

 
  
Na ilha de Caratateua, Praia do Amor, foi onde a COPIR celebrou a vida e as suas realizações em 2012. A chuvosa tarde do dia 20 de dezembro de 2012 foi marcada por muitas risadas e descontração, pois a antiga e atual equipe da COPIR se reencontrou para partilharem alegrias, conquistas e os desafios na busca de uma educação das relações etnicorraciais.












O Marituba foi o lugar escolhido, que durante a chuva perdeu a energia elétrica, mas devido a sinergia da equipe, a alegria permaneceu garantida pelas músicas cantadas em capela e palmas. Ali estiveram presentes os amigos Amilton Sá Barretto, Joana Nascimento, Tatiane Mendes e Mario Vitor, Ilka Oliveira, Tony Vilhena, Carlas Reis, Cilene Melo,Iris Moraes, Marcos Pinheiro, Maura Fonseca, Renata Santos, Silvana Diniz, Rosilda Santana e Marcelo. No primeiro flash da festa, houve um verdadeiro banquete a base de peixes variados como filhote na brasa e pescada frita e muito camarão ao bafo. 

 
Nesse ínterim, as lembranças sobre atividades realizadas, fatos cômicos e as muitas vivências eram recontadas enquanto aprendizados da práxis da COPIR. Vale ressaltar ainda a fala da atual equipe, tal como se expressaram as pedagogas Renata Santos, Cilene Melo, Carla Reis, e Maura Fonseca, as quais frisaram o quanto têm aprendido com os trabalhos e formações quem vêm sendo realizados através do Projeto “Educação e Etnicidade...” em Escolas quilombolas, portanto, são agradecidas e, mesmo tendo convicções religiosas distintas, reconhecem a necessidade de se buscar uma pratica pedagógica livre de preconceitos, dando-se o devido respeito à cultura e religiões de matriz africana e afrobrasileiras estudadas e/ou vivenciadas no ambiente escolar.

 
A tradicional festa de Amigo Secreto materializou a oportunidade de todos se presentearem, além de desejarem palavras de estima e sucesso. Tony Vilhena, tendo recebido a palavra de Sá Barretto, passou a narrar uma historia de Eduardo Galeno acerca de uma criança que nunca havia visto o mar, então, surpreendida pela sua imensidão e beleza, ali na praia estendeu a sua mão a mãe que a acompanhava e pediu “mãe, segura na minha mão para juntas compartilharmos quão grande maravilha”! Nesse sentido, a narrativa motivou a cada um dos presentes que diante da imensidão da vida podemos ainda estender a mão àquelas pessoas que convivemos, e assim compartilhar grandes experiências. 
 
Em meios aos raios, trovões, e ventos (Eparrei, Oyá!) que vinham da baía, a troca de presentes representou um momento único aos amigos que se emocionaram até as lagrimas, mas os risos eram logo retomados devido a música que era cantada em alto e bom som “...Chora! Não vou ligar... Chegou a hora... Vais me pagar... Pode chorar Pode chorar... Mas chora!”… risos!
Quantas surpresas, mais um momento especial: a comemoração do aniversario de Sá Barretto, com direito a bolo de chocolate, brigadeiros e chapéus nas cores da bandeira da Jamaica. Nas palavras do aniversariante, “o dia do nosso nascimento, é quando celebramos a nossa própria existência no mundo, que deve mesmo é ser comemorada, festejada!” Ao som das palmas, o parabéns foi cantado na língua africana Yorubá “...Odun dara dara re ou Ni ayò ójo ìbi re...”! 






Porquanto é no ritmo de festa alegria que a equipe da COPIR marca a passagem de mais um ano de trabalho e dedicação voltada a Educação das Relações Etnicorracias e a uma sociedade sem racismo
Aos professores, entidades, associações, lideranças e demais colaboradores que no ano de 2012 estabeleceram parcerias com esta Coordenadoria, recebam nossos sinceros agradecimentos e, por conseguinte, em nossa atuação na superação de práticas discriminatórias no ambiente escolar, na formação dos professores e professoras da educação básica e demais objetivos que alcançaram resultados positivos visto a contribuição de todos.

Axé! E que venha 2013!

Nenhum comentário:

Postar um comentário