Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Seminário discute Saúde Sexual e Reprodutiva de Mulheres Negras

O I Seminário sobre Saúde Sexual e Reprodutiva será promovido na Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio do Núcleo de Pesquisa Fenomenológica (NUFEN), ligado à Faculdade de Psicologia, em parceria com o Grupo de Estudos e Pesquisas Eneida de Moraes (GEPEM), da Faculdade de Ciências Sociais. O evento, que acontece de 20 a 22 de novembro, no Auditório Setorial Básico II, tem como objetivo fazer um balanço parcial da pesquisa desenvolvida de mesmo tema, que é financiada pelo CNPq e pela Secretaria de Políticas para as Mulheres.
O evento também é direcionado à sociedade em geral para que conheçam e reflitam sobre a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra. Além disso, o seminário pretende promover uma troca de experiências com os pesquisadores das universidades parceiras: UERJ e UNIFESP/Santos acerca das práticas em saúde, atenção à diversidade sexual, prevenção da saúde sexual, planejamento familiar.
Segundo a coordenadora do NUFEN e vice-diretora da Faculdade de Psicologia, professora Adelma Pimentel, o tema do seminário é uma maneira de entender que o reconhecimento dos processos de exclusão social da população negra brasileira constituiu um dos suportes para a implantação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN). “A violência de gênero é uma violação dos direitos humanos. Somos responsáveis pela adoção de ações que eliminem a violência oficial e privada, em especial para as mulheres potencialmente vulneráveis por conta da sua origem étnica, da idade e de outro aspecto que determina ideologicamente alguém como ‘inferior’”, explica.

Programação - Durante o evento, serão realizadas mesas de debates, que discutirão sexualidade, saúde, preconceitos, direitos sexuais e reprodutivos, destacando e debatendo também as políticas públicas que se relacionam com cada tema. “A importância do debate da saúde da população negra é contribuir para que a sociedade participe do combate à iniquidade racial como fenômeno social amplo”, diz a professora Adelma Pimentel.
Como parte da programação, será ofertado o minicurso com o tema “Processos de Subjetivação e Identidade de Mulheres Negras”, que terá como facilitadora as professoras doutoras Adelma Pimentel e Anna Paula Uziel (UERJ). O curso, que coincide com o Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, é destinado a movimentos sociais, mulheres negras, comunidades e estudiosos em geral. Haverá, ainda, a participação das professoras doutoras Luzia Alvares e Monica Conrado(UFPA); Virginia Lunalva (Mãe Nalva), representando o Conselho Nacional de Igualdade Racial, a Associação Afro-Religiosa Mamãe Oxum e a Rede de Saúde dos Terreiros; e Cristiane Gonçalves (UNIFESP).

Inscrições – As inscrições para o seminário ficam abertas até o dia do evento. Os interessados devem realizá-las no GEPEM, localizado nos altos do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), em frente ao Laboratório de Informática, das 9h às 14h. Haverá certificado para os participantes que obtiverem 100% de frequência.

Serviço
I Seminário sobre Saúde Sexual e Reprodutiva
Local: Auditório Setorial Básico II - UFPA
Data: 20 e 22 de novembro
100 vagas


Minicurso “Processos de Subjetivação e Identidade de Mulheres Negras”Local: Bloco C do Campus Básico, sala de audiovisual do curso de Psicologia.
Data: 20 de novembro
Hora: 9h às 12h e 14h às 18h
25 vagas


Clique aqui para mais informações.

Texto: Fábia Sepêda – Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Alexandre Moraes
Publicado em: 16.11.2013 18:30

Nenhum comentário:

Postar um comentário