Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Seduc articula ações para fortalecer educação quilombola de Tracuateua.




A representante da Secretaria Municipal de Tracuateua, Keila Saldanha, visitou a sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) na manhã desta terça-feira (09), para articular o apoio da Coordenadoria de Promoção da Igualdade racial (Copir) nas ações para efetivação da Coordenadora de Equidade Racial Quilombola.

Criada no dia 13 de maio, a nova coordenação deve subsidiar o ensino diferenciado que será ofertado nas seis escolas quilombolas da região, amparado pela Lei nº 12.288, sobre o Estatuto da Igualdade Racial e da Lei nº 10.639, de 2013, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e torna obrigatório o ensino de história e cultura da África e das populações negras nas escolas de ensino fundamental e médio de todo o país.

Keila Saldanha foi recepcionada pela titular da Copir, Creuza Barbosa dos Santos, e os técnicos que atuam nas formações da Educação Escolar Quilombola em todo o Estado. “Os técnicos da Seduc fizeram uma visita recente ao município e viemos retribuir a ação, em nome do prefeito Aloizio Barros e o secretário de Educação de Tracuateua, Júnior Barros, e já aproveitar para conversar sobre as ações que serão realizadas em parceria com a Seduc”, disse Keila Saldanha.

A representante de Tracuateua aproveitou para distribuir mudas de Ipê, árvore símbolo do município que no período agosto a setembro deixa o corredor principal de Tracuateua todo coberto com flores amarelas, na Florata dos Ipês. As ações entre Semed de Tracuateua e Seduc devem ser realizadas no segundo semestre de 2015.


Texto: Julie Rocha
Foto: Advaldo Nobre
Ascom/Seduc

Nenhum comentário:

Postar um comentário