Acesse a Plataforma MADAE

Acesse a Plataforma MADAE
Curso Afro-Pará

EXPOSIÇÃO "ÁFRICA: OLHARES CURIOSOS", Hilton Silva

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Promoção da igualdade racial é tema de reunião na SEJUDH.


A Gerência de Promoção a Igualdade Racial, através da Coordenadoria do Programa Raízes que é vinculado a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos-SEJUDH, reuniu no dia 26 de março de 2015, com o Secretário da SEJUDH, Michell Durans e outras instituições, com o objetivo de apresentar o Sistema Nacional De Promoção Da Igualdade Racial- SINAPIR e mostrar a importância desse Sistema para a Promoção a Igualdade Racial no Estado.
O SINAPIR é um instrumento fundamental para a institucionalização da Política de Promoção da Igualdade Racial em todo o País, para a sua operacionalização, é necessária a adesão dos Entes Federados, que possibilitará a atuação conjunta na implementação dessa política, potencializando os resultados e garantindo o acesso prioritário desses entes às iniciativas do Governo Federal.
O Assessor de Assuntos Federativos da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Social da Presidência da República, Marcos Bezerra, falou do objetivo com que ele veio apresentar o SINAPIR “O objetivo da reunião foi passar informações sobre o SINAPIR, ou seja, de como ele funciona, registrar também a importância do Estado do Pará participar do Sistema e convidar o Estado a aderir”.
A Gerente de Promoção a Igualdade Racial, Byany Sanches, fala sobre a importância desse Sistema para o Estado, “ Esse Sistema é importante para o Estado para fazer com que essa Política seja consolidada em todos os aspectos, como, Quilombolas, Indígenas, igualdade racial e matriz africana que são nossos braços de atuação”, afirma.
Dentre as instituições que participaram da reunião, estavam presente, a Gerência Indígena, Gerência Quilombola junto com o Coordenador Gustavo Américo que é responsável pelas Gerências e outros, dentre eles a Coordenadoria de Educação para a Promoção da Igualdade Racial – COPIR/SEDUC.

Fonte: Site da SEJUDH

Nenhum comentário:

Postar um comentário